Dindrenzi Federation (Parte 1 de 2)

Traduzido diretamente site da Spartan Games – http://www.spartangames.co.uk/games/firestorm-armada/dindrenzi-federation

Dindrenzi Federation

Os humanos que exploraram e colonizaram o Outer Reach eram pessoas independentes, com grande força de vontade. Arcando com o peso dos primeiros contatos com raças alienígenas, eles lutaram batalhas desesperadas com espaçonaves civis mal equipadas. Dos salões da Terra longínqua vinha uma política de cautela pacífica, que se traduzia na perda desnecessária de vidas humanas no Fathoms Reach. Estes conflitos moldaram permanentemente as atitudes dos colonos.

Logo as colônias do limite exterior se tornaram os mundos mais produtivos e dinâmicos da Terran Satellite Charter. Diante de uma crescente escassez de matérias primas na Terra e temendo a crescente influência das novas colônias, a Terra criou a Terran Commonwealth. Ao colocar a autoridade de governo nas colônias mais antigas, a Commonwealth era claramente uma tentativa de controlar o Reach. A frustração foi crescendo nas colônias, à medida que isso ficava cada vez mais evidente através da imposição de pesados tributos, tarifas, e taxas de transporte.

Apenas um homem atreveu a levantar-se contra a tirania da Terra. Ignatius Rense, o governador planetário de Dramos, viu o que os tiranos buscavam. Ele criou sua própria lista de tarifas, impostos, e mandatos de licenciamento contra o transporte proveniente dos Planetas Centrais, na esperança de forçá-los ao diálogo. Infelizmente, os longuínquos líderes da Commonwealth não não viram razçao para isso, e quase cem anos de guerra se seguiram.

Eventualmente, devido em grande parte aos sacrifícios da família Rense, o Outer Reach ganhou a sua liberdade. Para a honra da família Rense, a nova nação estrelar foi nomeada Dindrenzi Federation, literalmente, “vindo de Rense” na língua nativa de Ignatius. Para aumentar o seu poderio, os Dindrenzi relutantemente aceitaraqm todas as espécies alienígenas do Reach em sua legislatura, em uma tentativa de criar uma única nação forte e unificada. Mas a jovem Federação ainda não estaria à salvo da Terra.

Em uma última tentativa, os terráqueos destruíram o planeta Dramos, em um ataque nuclear, que matou milhões de civis inocentes. A determinação da Didrenzi Federation não poderia ter sido reforçada de forma mais eficaz. Até mesmo os Relthoza e corporações, como o Directorate levantaran-se contra as forças sanguinárias dos opressores Terrans.

Com a fronteira agora guardada por formidáveis espaçonaves de guerra, a maioria dos Dindrenzi só queria a paz. No entanto, mesmo o sentimento de guerra tivesse desaparecido dos principais sistemas, os planetas de fronteira e os militares, inflamados pela delegação do Sistema Rense e seus aliados Illosians, ainda ansiavam por vingança. Para eles, a formação da Aliança de Kurak era ainda mais um insulto e uma ameaça.

Um conselho foi chamado num planeta secreto do Directorate, chamado Zenia. Estiveram presentes os Dindrenzi, seus aliados Directorate e Relthoza, e várias outras facções menores. Ficou decidido que a única maneira de eliminar a ameaça Terran seria removê-los do Fathoms Reach completamente.

O ataque contra a Aliança de Kurak foi lançado sem nenhum aviso. As Frotas do Directorate destruíram postos de fronteira Aquan e penetraram profundamente no território do Sebrutan. As armadas Relthoza dizimaram as defesas dos Sorylian, esmagando todos os alvos militares que encontraram. Linhas de abastecimento da Aliança caíram em completa desordem,  com os clãs Ba’Kash atacando suas bases secretas. Mas o maior golpe foi reservado contra os terráqueos que controlavam Storm Zone.

Uma infinidade de espaçonaves atravessou a fronteira, com as enormes rail guns destroçando anos de Battleships fabricadas em um único dia. Utilizando a tecnologia de dobra espacial desenvolvidas pelo Directorate, as armadas dos Dindrenzi foram capazes alcançar mais longe do que ninguém teria acreditado, praticamente eliminando ao presença Terran da Storm Zone em uma série de ataques relâmpagos.

Em meio ao turbilhão de destroços das naves Terran, A Guerra Dindrenzi havia começado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s