Warhammer Fantasy 8th Edition – Unboxing do Starter e FAQ para Iniciantes

Algumas pessoas nos contataram perguntando coisas sobre Warhammer Fantasy. Acredito que pelo conteúdo do blog já deu pra notar que nós do Campinas At War temos como jogo principal Warhammer 40k. Existem atualmente dois jogadores que estão atrás de comprar exércitos de Warhammer Fantasy Battles. Isso se dá pois os jogos de Miniature Wargaming são complexos em muitos sentidos (regras, montagem, pintura, importação, recursos, etc…), é ideal que você dê enfoque em um jogo como seu principal e caso disponha de tempo e recursos e assumindo que você queira isso, adquirir um jogo secundário seria uma opção, pois o mesmo vai fazer você gastar muito de todos os recursos ditos acima (tempo, grana, etc).

Apresento a todos que estejam com dúvidas sobre o Warhammer Fantasy Battles e Warhammer 40k um mini FAQ com as perguntas que recebi de muitos iniciantes do hobby, espero que isso seja informativo à todos.

Além disso, apresento à vocês um “Video Unboxing”, que foi postado primeiramente em um blog que era uma iniciativa minha (Phobos/Cain) e de um amigo (Mestre dos Magos). Como o vídeo é mais focado em Warhammer Fantasy decidi postá-lo aqui também, pois explica um pouco mais como você poderia começar com a caixa básica do Fantasy.

FAQ: Iniciando no Fantasy:

Quais são as diferenças entre Warhammer Fantasy e 40k?
Warhammer Fantasy ou simplesmente Warhammer foi o primeiro jogo da Games Workshop nesse seguimento, sendo consolidado em 1983 (o Warhammer 40k foi criado em 1987). A diferença é que o Warhammer Fantasy Battles é um jogo com um cenário diferente, regras parecidas porém com muitas mecânicas próprias (como Magia, que tem uma fase dedicada apenas para ela) e formações de unidades baseadas em guerras medievais. O cenário tem influências de literatura fantástica clássica, como Tolkien e outros escritores do gênero.

Warhammer Fantasy é passado de 40k?
Não, ambos são cenários diferentes, embora muita gente em fóruns estrangeiros falem sobre as similaridades e possibilidades do mundo de Warhammer Fantasy existir em algum canto remoto da Via Láctea ou até mesmo na região do Warp de Warhammer 40k, mas nada oficial, apenas discussões e boatos.

Qual é a edição atual de Warhammer Fantasy?
Oitava Edição.

Qual é a caixa atual dessa edição de Warhammer Fantasy?
Island of Blood, a caixa que é mostrada no unboxing abaixo.

Nunca joguei Warhammer, gostei muito do Fantasy, por onde devo começar?
Compre a Island of Blood, se você não possuir nenhum clube de Wargames próximo, onde pessoas jogam; assim você terá dois exércitos, um para você jogar e outro para um amigo jogar contra você. Esse é o inicio da coisa toda, além disso a caixa básica vem com os dados customizados necessários, templates e um livro de regras resumidas, sem o fluff, o que facilitará sua entrada no hobby sem ter de importar vários itens de diversas lojas.

O que é “fluff”?
É um termo inglês para história de um jogo, a história por trás das mecânicas e regras, etc.

Quais são os exércitos disponíveis?
Na oitava edição são: Beastmen, Bretonnia, Daemons of Chaos, Dark Elves, Dwarfs, High Elves, Lizardmen, Ogre Kingdoms, Orcs & Goblins, Skaven, The Empire, Tomb Kings, Vampire Counts, Warriors of Chaos e Wood Elves.

Quais são as diferenças entre os exércitos?
A resposta seria muito longa, cada um tem suas peculiaridades. Por isso recomendo que vc leia um pouco dos Army Books e procure na internet o que seria mais adequado ao seu estilo de jogo. Caso nunca tenha jogado, recomendo que compre baseado no apelo visual, já que vc terá de montar e pintar aquele exército em si. A maioria dos exércitos de Fantasy são relativamente mais balanceados que os de Warhammer 40k.

Quais você recomenda para alguém que quer começar, iniciar?
Os da caixa básica Island of Blood, pelas facilidades que já citei, porém se não quer iniciar com a caixa Starter, que seja aquele exército que vc sentir o melhor apelo visual. Afinal você vai gastar muito tempo e tinta pintando o mesmo. No final tem de ser algo extremamente agradável. Eu evitaria armies de Hordas (Skaven, Orcs e Goblins, Vampire Counts, Tomb Kings, The Empire), por que normalmente se tem muitas miniaturas desses armies já se vc tiver que pintar vai gastar muito tempo e o objetivo é que vc consiga jogar o mais rápido o possível.

Preciso mesmo do Army Book do meu exército?
Sim, é nele que seu oponente e até mesmo você vão tirar as dúvidas que possuem sobre o seu exército. Não é responsabilidade de seu oponente saber tudo sobre você, mas é sua responsabilidade levar seu Army Book para que ele possa conferir se algo foi mal interpretado por você ou até mesmo por ele. Além disso é nele que contém os stats e custos para que você possa montar seu exército, é nele que você irá saber o que comprar, a não ser que vc consiga ele por um outro meio, é necessário comprar o mesmo.

Como posso iniciar um exército básico sem comprar a caixa básica?
Você vai necessitar do: Livro Básico, Army Book de sua escolha que detalhará seu exército, Templates (caso não tenha), 1 artillery dice, 1 scatter dice (ambos dados vêm na caixa básica mais podem ser vendidos separados em kits), uma mesa, terrenos e miniaturas.

As miniaturas podem ser adquiridas assim como em 40k, se vc quiser comprar um starter especial de um exército, que vem com várias minis, o nome equivalente ao Battleforce de 40k é chamado de Battalion, no Fantasy. No Battalion, você não terá Heróis ou Lords, que são relativamente necessários para jogar. Seria ideal ter uns 2 Battalions + 1 Herói + 1 Lord + 1 War Machine – isso seria o suficiente para jogar uma batalha média e aprender o jogo. Caso você esteja com pouca grana, eu recomendaria 1 Battalion + 1 Herói para aprender a jogar.

Como funciona o Force Organization Chart do Warhammer Fantasy?
Ele é baseado em percentagem no lugar de slots, explicarei o mesmo futuramente no blog.

Os Deuses do Chaos são realmente os mesmos?
Sim, eles são os mesmos em ambos cenários, porém sua atividade em Warhammer Fantasy é mais restrita ao cenário, afinal 40k tem como plano de fundo uma galáxia, enquanto Fantasy tem apenas um planeta.

Por que existem dois Codexes para Chaos Daemons?
Chaos Daemons como explicado acima, tem dois codexes para representar sua variante em Fantasy (Daemons of Chaos) e sua variante Warhammer 40k (Chaos Daemons). Ambos utilizam as mesmas figuras, com algumas poucas exceções.

As miniaturas vêm pintadas?
Vide o vídeo abaixo. Assim como as de 40k, elas vem desmontadas e não pintadas.

Preciso mesmo pintar minhas miniaturas?
Na realidade você faz o que quiser com as mesmas, embora um exército será mais respeitado e temido se tiver uma boa pintura, e se você se arriscar, boas conversões. Além disso é outra coisa que motiva muitas pessoas no hobby. Chegar em um local novo e ter suas miniaturas e pinturas elogiadas por todos, é uma sensação ótima.

Como sei se vou gostar de pintar?
Simples, compre um kit de pintura da GW ou de outra fabricante, como Kings of War (Mantic). Esses kits vem com 1 pincel, 5 ou 6 tintas necessários para pintar um tipo de mini e geralmente umas 5 minis para que vc possa testar se gosta ou não.

Mas eu nunca desenhei e não sei pintar, esse jogo é pra mim?
Ninguém nasce sabendo nada, temos de aprender tudo na vida. Não digo que você ganhará um Golden Daemon de primeira com sua miniatura inicial, mas se você procurar material e assistir vídeos tutoriais e começar com um kit básico de pintura, acredito que você se surpreenderá com seus próprios resultados.

Como posso melhorar na pintura?
Fácil, assista vídeo tutoriais, leia artigos e o mais importante, quando estiver saturado de tanto conhecimento, coloque-os em prática.

Tenho de pintar apenas com pincéis e tintas importadas?
Não, embora eu pessoalmente recomende que você o faça. As tintas nacionais podem ser difíceis para iniciantes trabalharem com elas, devido a seus pigmentos e grossura da tinta. Obviamente pegar dicas em fóruns nacionais e conversar com pessoas que utilizam tintas como Acrilex ou Decorfix podem te ajudar a melhorar muito. Mas se eu fosse você gastaria um pouco comprando algumas tintas da linha Vallejo ou P3, ou até mesmo se encontrar um importador da Citadel. As tintas com o maior custo benefício lá fora são as tintas da Army Painter. Recomendo os pincéis dessa linha e os da Vallejo, pois são muito bons.

Nacionais, tive poucas experiências boas com pincéis daqui, mas procure os da linha Pictore (Tigre) e tente tomar muito cuidado com eles.

Video Unboxing

Infelizmente a qualidade do vídeo é relativamente baixa, espero que ao menos ele seja informativo o bastante em relação a iniciar no hobby.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s