Iniciando na Pintura – Parte 2 – Cuidados com Pincéis e Preparos com Miniaturas

DoomScythe/Night Scythe by Phobos

Olá battlebrothers e battlesisters, estamos aqui seguindo com nosso tutorial de pintura.

Hoje abordaremos os temas básicos para pintar bem miniaturas, temas com os quais mais pra frente teríamos problemas.

A Primeira parte desse artigo pode ser encontrada aqui: https://campinasatwar.wordpress.com/2013/02/17/iniciando-na-pintura-parte-1-introducao-e-materiais/

1 – Pincéis – A ferramenta do Pintor

Sem dúvida o pincel é uma das ferramentas mais importantes na hora de pintar. É inevitável que com o tempo eles se desgastem, mas sinceramente para pintores não profissionais, acredito que o desgaste dos mesmos deve ser mínimo. Digo isso por que já vi um ou outro profissional arrogante falando e contestando os porquês de pintar uma vez com um pincel e o jogar fora(esqueça até mesmo que isso foi mencionado aqui, algumas pessoas tem suas técnicas estranhas ou gostam de se aparecer).

Kolinski_Series7_Brushes

A verdade é que se você cuidar bastante dos seus pincéis eles vão durar um bom tempo(eu não digo a vida toda, porquê as vezes as condições climáticas Brasileiras não são as mais favoráveis, você tem de limpar muito bem seu pincel pra ele não se ressecar, e tomar bastante cuidado, um pincel bem cuidado aqui, dura em média de 2 a 3 anos). O primeiro cuidado que devemos ter é como armazenar eles:

– De preferência os pincéis tem de ser armazenados após terem sido lavados e retirado toda a tinta deles. A melhor posição para um pincel é ter suas cerdas viradas para cima, não tocando em nenhuma superfície para não deformar as cerdas dos mesmos. Por isso é legal não jogar fora aquela proteção que adquirimos quando compramos os pincéis.

– Os pincéis devem estar secos(sem água). Algumas pessoas utilizam goma arábica para preservar as cerdas dos pincéis, outras utilizam alguma formula condicionadora para fazer com que eles durem mais. A verdade é, se você for guardar eles por muito tempo sem utilizar, seria bom deixa-los armazenados com algum tipo de substância condicionadora. Se for utilizar eles todos os dias, a manutenção que você pode realizar diariamente pode ser o bastante.

Dica para Trapaça: Talvez um dos melhores produtos que já tive o prazer de conhecer na minha vida de pintor para a conservação de pincéis é o The Master’s Brush Cleaner and Preserver. Sinceramente não acreditei quando vi um vídeo na internet sobre o mesmo. Esse produto retira os restos de tintas do pincel por completo, assumindo que a tinta não seja um primer permanente e sim tinta acrílica(Óleo ou algumas outras constadas na embalagem do produto). O mesmo custa $5 no ebay, com mais uns $5 a $10 de frete. Uma unidade dura muito mesmo, por isso se for comprar, arrume um amigo e rache o frete. Ele possui um condicionador no produto, ideal para conservar o pincel no lugar da Goma Arábica. Mesmo assim, saiba que eventualmente seus pincéis vão precisar ser substituídos, mesmo com todo o cuidado, eles vão durar bastante mas o tempo médio com cuidados pode ser de 1 ano e meio a 2 anos, dependendo conforme seu uso.

Olha ai o safado!
Olha ai o safado!

2 – Segundo Cuidado: Quando Pintamos e a Tinta

Essas são perguntas meio complicadas sobre pintura. O iniciante tem muitas dúvidas sobre quanta tinta usar. Isso vai variar de mais com a marca de tinta pra tinta, e se você pode utilizar direto do pote ou não.

3287486

Sempre assuma que NÃO. É o melhor método para te poupar dores de cabeça. A outra coisa é sempre utilizar um recipiente onde você possa trabalhar com a tinta antes de colocar ela na miniatura. Uma palheta geralmente é a mais recomendada, porém aqui no Brasil, temos um clima Tropical/Temperado em alguns lugares, e colocar tinta na palheta, faria com que a mesma secasse muito rapidamente.

É por isso que no primeiro tutorial eu recomendei a utilização de uma Paleta Molhada.

2.1 – Paleta Molhada

O preparo de uma Paleta molhada não é tão complexo quanto possa se imaginar:

1 – Um Pote ou Tupperware(com tampa).

2 – Uma Esponja.

3 – Papel Toalha – Opcional

4 – Papel Mantega.

5 – Água.

Utilize seu Pote ou Tupperware como recipiente. É extremamente recomendado que o mesmo possua tampa. Utilize a esponja que você comprou e tente forrar parte do seu recipiente, metade, ou 25%, isso já é com você, é ideal que o recipiente não seja muito profundo e caso seja necessário, corte sua esponja para caber no recipiente.

Coloque uma boa quantidade de água, É ideal que a esponja esteja bem úmida, com água um pouco acima dela. Após, utilize o Papel toalha para forrar a esponja por cima(faça com que o mesmo esteja muito úmido).

E por fim, corte o papel mantega para ficar por cima do papel toalha. Tem pessoas que preferem colocar o papel mantega direto sobre a esponja, essa é uma questão de preferência, teste ambas e veja qual delas é melhor pra você :D.

Ao colocar a tinta, o papel mantega, impede que a mesma escorra ou seja absorvida, diferente do papel toalha, porém o papel mantega, fica úmido o bastante para conservar a tinta por mais tempo de utilização. Assim que você terminar de utilizar vc pode tapar seu recipiente, colocar ele na geladeira, ou até mesmo deixar para fora.

Se você deixar na geladeira, a tinta que não foi toda gasta durará um pouco mais, o problema é que invariavelmente ela irá secar.

Essa é uma paleta molhada comprada, ao procurar no google pelo termo Wet Pallet vc encontrará diversas feitas em casa. Faça uma a seu estilo :D.
Essa é uma paleta molhada comprada, ao procurar no google pelo termo Wet Pallet você encontrará diversas feitas em casa. Faça uma a seu estilo :D.

2.2 – Como pegar tinta do meu pote?

Bem aqui é outra dúvida que vejo na internet ou que pessoas já me fizeram conforme conversam comigo sobre pintura. Essa parte é realmente simples e isso vai depender do pote que você possui. Por exemplo, as tintas Vallejo e Reaper possuem conta gotas, uma gota é suficiente para se trabalhar e fazer alguns acabamentos, caso seja necessário mais, vá e coloque mais na palheta. Esse é o pote que na minha opinião é o mais ideal. Potes das tintas Citadel e P3, utilizam potinhos de tinta que tem um pequeno recipiente em suas tampas.  Pegue a extremidade sem cerdas de um pincel(“a bundinha” 😛 ) e colete um pouco de tinta do recipiente da tampa do potinho de tinta. Pronto, isso deve bastar, deve ser um pouco mais que uma gota, coloque o mesmo na palheta de tintas, utilize água para tirar a tinta da extremidade do pincel, com a ajuda obviamente do papel toalha para retirar o excesso e secar o mesmo.

A Infame "Bundinha"!
A Infame “Bundinha”!

2.3 – Alguns cuidados com a Tinta

Sempre que pegar a tinta necessária, tampe novamente seu potinho, limpe seu pincel e só então comece a trabalhar com a tinta e a miniatura.

Não faça misturas de tintas diretamente no pote. Em caso de misturas de grande quantidade, compre um pote separado, um conta gotas e faça sua mistura permanente em um outro pote. Caso seja pequenas quantidade, utilize a sua palheta.

Ao lavar os pincéis após utilização das tintas, tenha dois potes de água, um dos mesmos para suas tintas normais e outro para suas tintas metálicas. não fique misturando as metálicas com as normais diretamente, ou você terá como resultado uma tinta acrílica com composto metálico nela, e nem sempre esse é o efeito que se quer obter.

Não deixe sua tinta secar no pincel, por isso é ideal que a cada vez que a tinta estiver relativamente acabada nas cerdas, antes de se pegar mais tinta na palheta, que seu pincel seja limpo novamente.

WP_20150121_005

2.4 – Qual é a quantidade exata de tinta que preciso ter no pincel?

É ideal que você tenha uma quantidade média, se você pegar muita tinta você pode cobrir os detalhes(você vai notar quando estiver fazendo isso na prática). Se você pegar pouca, e você não irá pintar direito. Se você pegou muita tinta, limpe o pincel e trabalhe com a tinta que já está na miniatura, dessa forma você não comete o erro de fazer uma lambança. É ideal que você faça a pintura seguindo uma direção constante, e que faça apenas uma demão antes de secar(isso acontece rápido), embora não exista problema algum em espalhar um pouco mais a tinta, as vezes você pode acabar criando um efeito estranho na miniatura, por isso fique sempre atento com o resultado.

Comece com pouca, se você ver que é necessário adicionar vá coletando mais tinta aos poucos.

Se sua miniatura por algum motivo tem um efeito de “escorrimento” quando se passa a tinta, isso pode ser que seu primer não presta, ou que a miniatura está com algum tipo de Gordura ou agente desmoldante na mesma(isso geralmente acontece apenas antes do primer). Já tive uns problemas bizzarros que mesmo efetuando a limpeza correta da miniatura e com um primer bom, uma das partes continha esse corrimento(o que foi realmente estranho). A solução foi dar uma demão de uma tinta da mesma cor do primer e esperar secar pra poder pintar por cima, isso seria a Basecoat, ou a Camada base, nem todos os primers são recomendados pra você iniciar a pintura sem essa camada base. Lembre-se de não exagerar na tinta, se estiver cobrindo detalhes você está fazendo algo muito errado, sua miniatura ficará com um aspecto muito ruim no final.

Mas fique tranquilo, vamos entrar nesse assunto novamente em breve.

Dica para Trapaça: Pegue um recipiente com Água e Limpador Multiuso(Veja), coloque uma boa quantidade na água. Mergulhe sua miniatura ou Sprue(Árvore) dentro, e espere 20 minutos. Volte e lave em água corrente. Depois disso seque. Isso deixará muito mais simples o ato de realizar o primer, pois o agente desmoldante vai ter saído da miniatura. O mesmo ocorre para miniaturas que possuem suor humano nelas :).

3 – Como Limpar suas miniaturas(Não lavar, mas sim limpar!)

Bem essa é uma das partes mais importantes antes da pintura. Você pode querer lavar suas miniaturas após esse estágio(o que é algo altamente recomendável) já que você irá manipular bastante as mesmas na hora de limpar e montar as mesmas antes de Primar as próprias. Bem uma árvore(ou sprue) de miniaturas as vezes pode conter infelizmente algumas imperfeições; isso é decorrente do processo de injeção do material no molde. Não importa se você está limpando metal ou plástico, ambos são feitos com o mesmo processo e com um molde de duas partes. Na secagem das miniaturas nesses moldes, pode acarretar pequenas linhas onde os moldes se unem, chamadas de linhas de molde(ou Mold Lines), e isso é algo que se não devidamente tirado pode deixar um detalhe indesejado em suas miniaturas. Muitos modelistas e pintores odeiam ver miniaturas com mold lines, e as vezes é bastante comum quando se comprou a miniatura usada de outra pessoa, as vezes quando está se iniciando é normal esquecer uma ou outra linha ali na miniatura e só notar após a “primagem” ou no começo da pintura. As miniaturas de resina e/ou metal, podem possuir também uma camada grande de metal/resina em algumas partes da miniaturas, normalmente esse metal ou resina é muito fino e sai facilmente, isso é chamado de Flash, e algumas miniaturas tem isso de fábrica. Isso faz parte do hobby e é completamente normal. Outra das anomalias que podemos ter são bolhas, essas são existentes em miniaturas de resina. As Bolhas podem ser resolvidas em 80% dos casos, a não ser que ela tenha aparecido em um lugar muito estranho como uma junta ou emblema e tenha tirado um detalhe muito crucial de uma miniatura. Minha dica é quando acontecer algo atroz assim, tirar uma foto e enviar junto com o número de inspeção ou número de conferencia para a empresa que faz as miniaturas e pedir um ressarcimento pela mesma. Não perca tempo arrumando um erro que não foi você quem fez, se você comprou, você tem direito de receber um produto de qualidade.

005
A Horrenda Moldline em uma parte inferior de um Necron Warrior.

3.1 – Tirando a Miniatura do Sprue(ou Árvore)

Bem essa pode ser uma parte complexa para o modelista/pintor iniciante. Já vi pessoas perderem um ou outro detalhes de suas miniaturas na hora de tirar as mesmas do Sprue. A idéia aqui é se atentar onde sua tesoura para clipagem(clipping) irá cortar quando ela se fechar.
001

Colocando a tesoura e analisando o corte antes de realizar o mesmo.
Colocando a tesoura e analisando o corte antes de realizar o mesmo.
004
Realizando o Corte

Algumas pessoas gostam de cortar menos rente a miniatura, cortando parte do sprue junto no processo e só então quando a peça da miniatura está menos estática e travada, cortar mais rente a área onde o sprue se conecta a mesma. Essa última técnica para iniciantes é mais simples pois diminui as chances de você acabar cavando a miniatura com sua tesoura de clipagem.

3.2 – Retirando as Linhas de Molde da Miniatura(Cuidado para não retirar a pele dos seus dedos 😉 )

Depois de clipada, a miniatura(ou parte dela) estará fora da árvore, com algumas “falhas” horrendas. O seu coração vai estar em adrenalina batendo forte, a boca seca e um sentimento de fracasso, porém saiba se você está seguindo esse tutorial que tudo está correto, pode respirar(vamos vai respira e fica de boa). Isso é normal. Para miniaturas da Privateer Press e outras Marcas como Spartan Games, você não vai precisar retirar elas do Sprue, pois elas já vem clipadas do Sprue(YAY).

Agora é hora de atacar as mold lines!
Agora é hora de atacar as mold lines!

Temos de limpar aquela área onde fizemos a clipagem, é comum ter alguma rebarba nela, se você tomou cuidado na hora de retirar ela do Sprue você não terá um buraco ali ou até mesmo um dano na parte da mini. Agora é hora de pegar seu Bisturi ou Hobby Knife [PAM! PAM! PAMMMM!!!]. Todo cuidado é pouco agora amiguinhos, dependendo do instrumento que vocês estiveram em mãos vocês podem causar danos reais a sua mão, por isso, tenha responsabilidade e cuidado ao usar seu equipamento de corte.

Para tirar as mold lines existem duas técnicas, uma delas é passar a “faca” rente a mesma cortando a miniatura apenas na parte da linha de molde(pode ser relativamente complexo para iniciantes e sua lâmina tem de estar afiada, caso contrário isso não vai funcionar, lembre-se de manter isso rente a linha de molde, evitando com que a lâmina se aprofunde no plástico da miniatura).

006

 

Acima vemos o exemplo da retirada dessa Moldline dessa forma. Você pode encontrar alguma área da miniatura que é muito difícil de retirar, ou podem ter sulcos que dificultem a retirada da mold line em si e ela esteja em um lugar bem infame.

Moldlines bastardas em lugares onde existem ondulações, impossível de tirar sem raspagens
Moldlines bastardas em lugares onde existem ondulações, impossível de tirar sem raspagens

Nesse caso você pode pegar sua hobby knife e utilizar ela como se estivesse “raspando” a superfície da mold line, tirando apenas o que há de excesso na mini. Pare sempre depois de uma breve raspada para ver se você não está retirando detalhes da miniatura.

007

 

Com a faca rente a mold line da forma acima, nós não tentamos cortar a moldline e sim literalmente raspar com a hobby knife sem muita força. Esse método pode ser menos “evasivo” na miniatura, e pode ser usado em áreas planas também, embora ambas as técnicas requerem que você tenha cuidado ao limpar sua miniatura.

010Independente do processo que você fizer, esse é um dos resultados que esperamos, uma miniatura limpa da mold line que estávamos trabalhando e sem danos aparentes na miniatura. Veja que existem outras mold lines ali a serem removidas ainda :D.

009

4 – Primando a Miniatura

Bem depois de toda a limpeza e de lavar suas miniaturas é hora de preparar ela para pintura, e isso é chamado de Primming. Essa é uma camada importante de tinta que vai nos ajudar a manter uma liga consistente para iniciar a pintura da miniatura. Acima eu descrevi que as vezes a tinta pode não se comportar corretamente em uma miniatura, por isso é necessário após o primming a realização de um Base Coat(ou camada base).

As opções do seu primer normalmente variam entre três cores(Cinza, Branco e Preto). Decidir qual deles é o melhor pra você pode ser mais uma questão de gosto do que praticidade, mas eu posso dar umas dicas para você conseguir solucionar essa equação de forma fácil:

– A Miniatura vai utilizar muitos tons de metálico: Preto

– A Miniatura vai utilizar diversos tons escuros: Preto ou Cinza

– A Miniatura vai utilizar diversos tons claros como preto ou Branco: Branco

– A Miniatura vai utilizar em sua maioria muitos tons difíceis de pintar como Vermelho e Amarelo: Cinza, embora Preto ou Branco possam funcionar tbm.

Bem após você escolher a cor correta, é necessário iniciar o processo.

Estou assumindo que você vai utilizar um primer em aerosol, obviamente você pode utilizar um primer líquido, ou até mesmo Gesso líquido pro processo(vamos deixar isso para outra hora). Eu recomendo o primer líquido apenas se você morar em um apartamento e não puder utilizar sprays, ou não tiver a casa de um pai, amigo ou qualquer lugar que seja para utilizar o primer em aerosol. É mais rápido, e vai te deixar menos entediado na hora de preparar a miniatura para pintar, então mantenha algumas dicas em mente:

– Nunca fume enquanto estiver primando(Aerol é inflamável caso você não saiba).

– Não faça isso dentro de um quarto fechado, se você estiver fazendo fora em um lugar ventilado não existe o motivo de utilizar uma máscara, embora mesmo assim seja recomendável, afinal os resíduos não fazem muito bem pra quem tem problemas respiratórios, por isso mantenha isso em mente antes.

– Antes de apertar o botão do spray, chacoalhe muito bem o spray do primer. Quando pensar… está bem, chacoalhe mais um pouco. É bom ter um pedaço de papelão para testar como a tinta está saindo. Se acabar saindo meio estranho como se estivesse coalhado, pode ser que sua tinta tenha estragado ou você não tenha chacoalhado bastante a lata de spray. Ao testar no papelão você não vai ter de utilizar-se de pinho sol para limpar a miniatura do primer e realizar o processo novamente. Existem primers muito fortes que não saem nem com pinho sol, por isso todo cuidado nessa hora é pouco.

– Não aperte o botão do spray durante muito tempo, é melhor que você dê algumas borrifadas de leve, sempre fazendo movimentos de zigue e zague quando estiver borrifando, a mais ou menos 25 ~ 30cm da peça que se estiver primando. Passe pela peça e volte apertando bem levemente o botão.

– Caso esteja primando diversas miniaturas de uma vez só, é melhor ter uma caixa de papelão com cortiça no fundo na hora de primar, a cortiça absorve bem a tinta sendo mais difícil deixar grandes quantidades de resíduos para que a miniatura não fique um pouco colada no fundo da caixa ao tirar. Caso esteja fazendo isso você pode deixar as peças deitadas, esperar elas secarem de depois girar as mesmas para que possa primar as partes que não receberam primer.

– Se achar que você exagerou no primer, não toque na miniatura em circunstância nenhuma e não tente limpar a mesma com nada. Está acontecendo um processo químico ali naquele momento, e as chances de você fazer uma merda com a sua miniatura são muito grandes, resumindo, espere secar, as vezes o resultado não vai ficar tão ruim quanto você imagina :). Não toque na miniatura enquanto ela estiver molhada ou vai deixar as marcas de sua digital no primer e isso vai virar parte da miniatura.

Aerosol_drawing
Aula de anatomia de uma lata de Spray de Primer

 

Acredito que não precisamos fazer um vídeo sobre Priming pra vocês em português, já que existem Milhares de vídeos na internet e seria meio redundante realizar um novo vídeo. Então aqui vai um demonstrativo de como realizar o processo:

Pra quem tem conhecimentos de Inglês o blog Massive Voodoo tem um ótimo e engraçadíssimo tutorial para Primming com diversas dicas mesmo, eu recomendo que você dêem um pulo no seguinte link: http://massivevoodoo.blogspot.com.br/2009/11/tutorial-kongs-priming-thoughts.html

5 – Gran Finale

Bem pessoal, para essa segunda parte do nosso tutorial é isso, não deixe de ficar ligado para a terceira parte do tutorial, onde iremos demonstrar as técnicas de pintura em si. Obviamente o Hobby nos demanda muito tempo de preparação para conseguir pintar uma miniatura, mas é isso ai :), ao saber todas essas técnicas e como fazer corretamente, vc não vai precisar ficar recorrendo tantos materiais para realizar a pintura, o que é muito bom, afinal você vai fazer esses processos sem ter que consultar nenhum manual e se tornaram coisas corriqueiras ao ter de preparar uma miniatura para pintura em si :).

Esperamos que nossas dicas de trapaça e que esses artigos tenham sido de grande ajuda a vocês, e também esperamos lançar a parte 3 em breve e não deixar vocês na mão durante tanto tempo assim :).

Não perca a terceira e última parte: Parte 3 – Botando a Mão na Massa

Obrigado novamente por ter lido nossos artigos e mais uma vez, atenciosamente:

phobos

4 comentários em “Iniciando na Pintura – Parte 2 – Cuidados com Pincéis e Preparos com Miniaturas

  1. Suas colunas sobre Iniciando na Pintura são demais!
    Extremamente úteis, bem explicadas, didáticas e bem humoradas. Ajudam bastante.
    Obrigado!

    1. Obrigado Igor, agradeço desde já os seus comentários. Uma pena não ter terminado a última parte, infelizmente o tempo anda muito curto e tenho pouco tempo reservado para o hobby últimamente, espero que mesmo assim, esses humildes artigos, tenham despertado em vc a vontade de participar para o hobby e pintar como nunca. Um abraço.
      Atenciosamente – Phobos.

  2. PHOBOSTOTHEK, vc realizar serviço de pintura de miniaturas? Tenho 5 personagens personalizados de 55mm para pintar.
    Obrigado

    1. Olá amigo, sei que infelizmente faz bastante tempo que não estavamos ativo aqui no Blog, mas sempre estamos ativos no Facebook, por isso vc pode nos encontrar lá. Eu não realizo nenhum serviço de pinturas, sou bem amador e faço apenas por hobby, mas tenho duas pessoas pra indicar pra vc caso isso seja do seu interesse. Entre em contato lá na comunidade do facebook e pergunte por mim lá que vou aparecer e te mando o contato dos caras. Um Abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s